Explicações de Geometria Descritiva

para 10º, 11º, 12º anos e Faculdade - Preparação para os exames nacionais

 

Rebatimento de um plano de rampa

 para o plano horizontal de projecção

 

http://4.bp.blogspot.com/-Na_Y7ZcSGFQ/UL06xBE_JWI/AAAAAAAAI8s/bov_MegHuRg/s1600/rampa-triangulo-01.jpg

Escolha um ponto do traço frontal do plano. O ponto F no exemplo abaixo serve perfeitamente.

http://4.bp.blogspot.com/-DwTrmutkuVg/UL0ztFGnqCI/AAAAAAAAI7g/hRQOqUaZmxE/s1600/rampa-triangulo-02.jpg

Por F1 desenhe uma perpendicular ao traço horizontal do plano, traço esse que será o eixo do rebatimento.

http://4.bp.blogspot.com/-P1173EkEsn0/UL0ztwYLLQI/AAAAAAAAI7k/yXritSNZotk/s1600/rampa-triangulo-03.jpg

Abaixo, na perspectiva à direita temos o desenho do triângulo de rebatimento no espaço. Trata-se de um triângulo rectângulo, um triângulo em que um dos seus ângulos internos faz 90º. Um dos seus catetos é o segmento que vai de F1 ao eixo de rebatimento em projecção horizontal. O outro cateto (ao alto, na vertical) tem a medida da cota do ponto. A hipotenusa é a distância espacial, em V.G., do ponto F ao eixo de rebatimento.

http://2.bp.blogspot.com/-JGrdIot0YDc/UL0zuvZGsSI/AAAAAAAAI7s/kHFlvfosLbA/s1600/rampa-triangulo-04.jpg

É precisamente esse triângulo que tem de ser desenhado rigorosamente. O primeiro cateto já se encontra no desenho. O segundo para ser obtido, rebate-se o triângulo para o lado, ou seja, pega-se na medida da sua cota e coloca-se na perpendicular ao primeiro cateto sendo F1 o vértice comum aos dois catetos. E temos os dois catetos e a hipotenusa (no desenho a cinzento).

http://3.bp.blogspot.com/-Gbu0M6PowT8/UL0zvQ_8XmI/AAAAAAAAI74/0WHy8yI6VRs/s1600/rampa-triangulo-05.jpg

Com centro no ponto onde a perpendicular inicial e a hipotenusa cruzam ambos o eixo de rebatimentoabre-se o compasso até ao outro extremo da hipotenusa e roda-se essa medida para a perpendicular.

http://3.bp.blogspot.com/-X-aa13Pnl0U/UL0zwEUlbEI/AAAAAAAAI8E/-nQfkDX2zDE/s1600/rampa-triangulo-06.jpg

Onde o arco cruza a perpendicular temos o ponto rebatido. Neste caso, Fr.

http://2.bp.blogspot.com/-Uk-Vjp76BO4/UL0zw7FV1ZI/AAAAAAAAI8I/OGi4bljMgOU/s1600/rampa-triangulo-07.jpg

Como F é um ponto do traço frontal do plano, ao ser rebatido passa por Fr. A distância do traço frontal do plano e do ponto F ao eixo de rebatimento é a mesma de Fr e do traço frontal rebatidos ao mesmo eixo. É nisto que consiste o rebatimento. Planificar um plano, rodando-o e colocando-o numa das projecções (horizontal ou frontal) em V.G (verdadeira grandeza).

http://4.bp.blogspot.com/-EXGVxPU4LZY/UL0zxlBA49I/AAAAAAAAI8U/ybwQUjyQi8I/s1600/rampa-triangulo-08.jpg

E assim se rebate um plano de rampa.

http://2.bp.blogspot.com/-YnD_QLGhQcU/UL0zybS6BKI/AAAAAAAAI8Y/CB3-OV77oJE/s1600/rampa-triangulo-09.jpg

Para rebater outros pontos do plano passe rectas oblíquas que cruzem os dois traços dentro da folha de desenho. Para contra rebater rectas, pontos ou figuras planas segue-se o mesmo processo, inversamente.